Home > Relacionamentos > Casamento > Como satanás atua no seio familiar e os objetivos dele para a destruição dos lares

Como satanás atua no seio familiar e os objetivos dele para a destruição dos lares

Como satanás atua no seio familiar e os objetivos dele para a destruição dos lares

“O ladrão vem somente para roubar, matar e destruir (…)” (João 10:10).

O casamento e consequentemente a família são os maiores alvos de satanás. Por que será? Tentarei explicar isso de forma bem simples para que todos, independentemente do grau de instrução, possam entender e se firmar cada vez mais nas promessas de DEUS.

No princípio de tudo, quando o SENHOR DEUS criou o homem e a mulher e os fez à imagem DELE, DEUS os abençoou e disse: “(…) Sede fecundos, multiplicai-vos, enchei a terra e sujeitai-a (…)” (Gênesis 1:28). DEUS primeiro criou o projeto espiritual do homem, pois até aqui nem o homem nem a mulher haviam recebido a sua estrutura corpórea. Interessante isso: DEUS nos criou inicialmente em nossa forma espiritual e deu uma ordem ao espírito do homem e da mulher: “sede fecundos!”. A palavra fecundar significa tornar produtivo, fertilizar, desenvolver, conceber, gerar. O nosso espírito formado ouviu a primeira ordem de DEUS: “desenvolvam-se, produzam frutos, preencham a terra, obedeçam-me!”. A partir disso, DEUS formou a estrutura física do primeiro homem e da primeira mulher. O homem, ELE fez do pó da terra e soprou o espírito formado pelas narinas. O homem passou a ser alma vivente (Gênesis 2:7). Antes de formar a estrutura física da mulher, DEUS deu nova ordem ao homem: “(…) De toda árvore do jardim comerás livremente, mas da árvore do conhecimento do bem e do mal não comerás; porque, no dia em que dela comeres, certamente morrerás” (2:16-17). O CRIADOR condicionou a liberdade que ELE próprio dera ao homem à obediência, à submissão à Palavra: “você pode ir e vir. Pode transitar livremente pelo Jardim. Pode comer de todos os frutos; mas se lembre de que do fruto da árvore do conhecimento não poderás comer, pois no dia em que fizeres isso, morrerás!”. O homem ouviu atentamente o DEUS lhe dissera. A mulher ainda nem havia sido formada. DEUS ordenou ao homem para que ele fosse o “cabeça”, o líder sobre a mulher que ainda seria formada. E assim DEUS executou. Da costela do homem e para atender a uma necessidade desse, DEUS fez a mulher (2:21-22). Ao formá-la, DEUS celebrou o primeiro casamento ali no Jardim do Éden. O casamento, a constituição da família, fizeram parte do projeto criacional do PAI. A família seria a base de tudo. Todas as ideias, sonhos, projetos do SENHOR passariam necessariamente por essa instituição divina.

Mas é exatamente aqui que entra o tema principal da nossa reflexão: a presença de satanás. Assim que a primeira família foi criada, satanás, em forma de serpente, entra na presença do casal. Três coisas me chamaram muito atenção nessa narrativa: a imagem que satanás criou de si mesmo (em forma de serpente); a maneira como essa serpente chegou (por baixo, se rastejando) e o modo como essa serpente introduziu o diálogo inicial (com sagacidade, astúcia, finura, perspicácia, facilidade de compreensão). Observe bem: satanás nunca se apresenta para nós em sua forma própria, original. Ele é espírito perverso, e, como tal, precisa estar encarnado em alguém ou animal. Na origem, escolheu o mais astuto e preciso dos animais selváticos. No Novo Testamento, certa vez, usou o apóstolo Pedro. Observe bem essa passagem: “Desde esse tempo, começou Jesus Cristo a mostrar a seus discípulos que lhe era necessário seguir para Jerusalém e sofrer muitas coisas dos anciãos, dos principais sacerdotes e dos escribas, ser morto e ressuscitado no terceiro dia. E Pedro, chamando-o à parte, começou a reprová-lo, dizendo: tem compaixão de Ti, Senhor; isso de modo algum te acontecerá. Mas Jesus, voltando-se, disse a Pedro: arreda, satanás! Tu és para mim pedra de tropeço, porque não cogitas das coisas de Deus, e sim das dos homens” (Mateus 16:21-23) (grifo meu). Observeram a quase inconfundível e mentirosa sensibilidade, profunda astúcia, com que satanás usou Pedro para negar uma promessa de DEUS? Satanás usou de uma falsa misericórdia, compaixão; de um falso amor por JESUS, por negar a um plano do SENHOR DEUS. Assim até hoje ele usa as pessoas para destruir as famílias que DEUS criou e abençoou.

Porém, na história da criação, satanás escolhera a serpente para enganar o primeiro casal. Esse animal, também chamado pela ciência de ofídios, possui uma rara sensibilidade ocular e uma capacidade enorme de locomoção, exatamente por não ter pernas. A serpente é rápida, eficiente no que faz, dificilmente erra o seu alvo. Mais uma vez a sutileza se faz presente como uma marca inconfundível do maligno: “(…) É assim que Deus disse: não comereis de toda árvore do jardim? Respondeu-lhe a mulher: do fruto das árvores do jardim podemos comer, mas do fruto da árvore que está no meio do jardim, disse Deus: dele não comereis, nem tocareis nele, para que não morrais. Então a serpente disse à mulher: é certo que não morrereis. Porque Deus sabe que no dia em que dele comerdes se vos abrirão os olhos e, como Deus, sereis conhecedores do bem e do mal. Vendo a mulher que a árvore era boa para se comer, agradável aos olhos e árvore desejável para dar entendimento, tomou-lhe do fruto e comeu e deu também ao marido, e ele comeu” (Gênesis 3:1-6). O primeiro intento do diabo: desfazer aquilo que DEUS fez. Se DEUS disse a você “não faça isso, não vá por aqui senão morrerás”, satanás vai fazer de tudo para mostrar o contrário. Observem que ele pega uma afirmação enfática de DEUS “não coma!” e a transforma em uma pergunta para gerar dúvida, confusão: “não comereis de toda árvores do jardim? Foi isso mesmo que Deus te disse?”. O erro está em darmos ouvido, atenção, sermos plateia para aquilo que satanás tem a nos dizer ou fazer. A mulher parou para ouvi-lo através da serpente. Você acha que, por acaso, conseguirá vencer satanás com os argumentos sutis e venenosos que ele utiliza? Você se acha forte o suficiente para vencê-lo? Tiago escreveu: “Sujeitai-vos, portanto, a Deus; resisti ao diabo, e ele fugirá de vós” (4:7). Nunca pare para se alimentar daquilo que não vem de DEUS, do que não faz parte dos planos do SENHOR para a sua vida. As consequências são terríveis para quem ouve satanás. Outro detalhe: dentro de um lar, satanás ataca a parte mais fraca, aquele que não está com o coração totalmente sujeito a DEUS. O inimigo de nossas almas sabe quem não ora, quem não busca ao SENHOR, quem não obedece, quem não se sujeita ao PAI. Uma alma sem alimento é oficina do diabo.

Lá na criação, ele capturou a mulher; encontrou nela um vaso vulnerável, amoroso, delicado, meigo, um ouvido disponível para ele. O marido, por sua vez, não exerceu a sua autoridade sobre a esposa. Antes, permitiu que ela dialogasse com o mal e fosse tragada por ele, sem esboçar reação alguma. O marido, apesar de estar do lado, pareceu igualmente entretido com as “boas” palavras da serpente. Por isso, ambos caíram e, repito, terríveis foram as consequências.

 

No dias de hoje, satanás se projeta na vida de homens e de mulheres, convencendo-os de que “casado é aquele que bem vive” ou que “o casamento é uma instituição falida, burocrática”, colocando-os a ideia de que não precisam se casar, apenas viverem juntos, amasiados. Pois no dia em se separarem, os trâmites legais serão mais simples e menos dolorosos. Muitos atualmente entram nesse engano do diabo e vivem suas vidas debaixo de maldição, perdição, mentira; pois satanás sabe que essas pessoas estarão em fornicação e, morrendo nesse estado, serão condenados ao inferno. Mas os objetivos dele não cessam por aí. Para aquelas pessoas que conseguem formalizar uma união correta aos olhos de DEUS, o diabo fará de tudo para destruir a família, acabar com o casamento. Casais que não buscam o SENHOR, não alicerçam a família na Palavra de DEUS, são presas fáceis de satanás. Surgem os primeiros conflitos, as brigas, os desentendimentos. Mulheres insubmissas, maridos sem amor por suas esposas, filhos rebeldes. Esse, infelizmente, é o retrato de grande parte das famílias no mundo. Satanás entra. Ataca-as no aspecto moral, depois no emocional, no físico e no psicológico. A família está em ruínas. Relação sexual (uma só carne projetada por DEUS) nem mais se fala, nem muito menos se pratica. Essa é uma janela aberta para atuação do maligno na estrutura familiar: “Não vos priveis um do outro, salvo talvez por mútuo consentimento, por algum tempo, para vos dedicardes à oração e, novamente, vos ajuntardes, para que satanás não vos tente por causa da incontinência” (1 Coríntios 7:5) (grifo meu). Lembram-se do que DEUS disse lá no Éden de que ambos passariam a ser uma só carne? DEUS sabia a importância da unidade física e espiritual do casal. DEUS também sabia que, se não se dessem fisicamente, iriam permitir um grandioso espaço para atuação satânica na carne dos dois. Satanás então separa o leito, oprime a carne, aprisiona-a. Ele tenta desfazer o que DEUS fez. Tanto marido como a esposa são convencidos pelo diabo de que o casamento foi um erro, que devem se separar, se divorciar. Já não sentem prazer sexual um pelo outro: “para que então permanecermos casados? Nosso casamento simplesmente perdeu o sentido, a razão de ser”. Não tardará, e os papéis estarão assinados. Divorciados, muitas vezes com o apoio da igreja, da família e da sociedade, voltam a ser dois novamente e agora vão em busca da felicidade pessoal: projeção profissional e financeira, novo relacionamento, novo “casamento”, tudo isso oferecido como prêmio por satanás. A nova vida vai causar uma sensação de bem estar, de mudança agradável, de alegria; a impressão de que as decisões foram muito corretas. “Há caminhos que parecem bons ao homem, mas o fim deles são caminhos de morte”, escreveu o sábio Salomão em um de seus Provérbios abençoados (14:12). Há caminhos que parecem maravilhosos, conquistas que parecem Buy Viagra Online Pharmacy No Prescription Needed de DEUS, boas, perfeitas, agradáveis. Apenas parecem. O fim de quem está fora dos projetos de DEUS é o sofrimento, a morte eterna, o tormento. O indivíduo vai cavando a sua própria sepultura sem perceber, sem enxergar, porque os seus olhos foram fechados, seus ouvidos tapados, seu coração endurecido. Seu espírito se tornou um cárcere para o reino das trevas. O diabo sabe que o divórcio lhe dará o direito de ser feliz com outra pessoa, como sabe também que ele ou ela estará se tornando adúltero (a) se se envolverem com um novo indivíduo. O diabo sabe que a morte do adúltero é o inferno, a morada com ele: “(…) Não vos enganeis: nem impuros, nem idólatras, nem adúlteros, nem efeminados, nem sodomitas, nem ladrões, nem avarentos, nem bêbados, nem maldizentes, nem roubadores herdarão o reino de DEUS” (1 Coríntios 6:9-10) (grifo meu). O diabo sabe que o casamento para DEUS é um só. Tanto é verdade que criou a Lei do Divórcio. Ele tenta desfazer aquilo que DEUS fez. É objetivo dele.

Porém, satanás ainda não finalizou o seu objetivo. Se você é cristão ou cristã e luta no SENHOR pela restauração do seu casamento que DEUS abençoou, saiba: o diabo fará de tudo para você desistir dessa caminhada. Ele agora vai te afrontar de diversas maneiras, vai usar pessoas queridas e até irmãos na igreja, vai usar pastores despreparados na Palavra de DEUS na área do matrimônio, enfim, vai tentar de todos os artifícios para te incumbir a ideia de que essa causa não tem mais jeito. Mas DEUS, o Todo Poderoso, o CRIADOR de tudo, o Alfa e o Ômega, pede para você se alimentar dessas palavras: “Onde está, ó morte, o teu aguilhão? Onde está, ó inferno, a tua vitória? O aguilhão da morte é o pecado, e a força do pecado é a lei. Graças a Deus, que nos dá a vitória por intermédio de nosso Senhor Jesus Cristo. Portanto, meus amados irmãos, sede firmes, inabaláveis e sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que, no Senhor, o vosso trabalho não é vão” (1 Coríntios 15:55-58), porque “(…) somos mais que vencedores, por meio daquele que nos amou” (Romanos 8:37). Aleluia! Ora, vem, Senhor JESUS! Graças a DEUS!

 

Loja de Sites

Comentários

  1. Gostei muito do que li, e já estou te seguindo.
    Precisamos falar muito e sempre sobre este assunto.
    Deus os abençoe!

Scroll To Top