Home > Comportamento > Mulher > Cinco dicas para fazer sexo oral nele

Cinco dicas para fazer sexo oral nele

Cinco dicas para fazer sexo oral nele

Além das carícias com a boca é preciso estimular a visão e fantasias. Não há homem que não goste de receber sexo oral. A língua e a boca têm a temperatura e a umidade ideais para tornar a carícia muito mais excitante.

Por incrível que pareça, não é o sexo anal o campeão do ranking das preferências sexuais masculinas. O vencedor é o oral. Portanto, as garotas de programa abusam dessa prática e se dedicam a aprender e fazer bem. Não há mulher boa de cama se ela não souber fazer um sexo oral bem feito. Sexo oral é imprescindível.

A primeira grande dica é manter a boca e língua bem umedecidas. Como a glande é uma região bastante sensível, precisa ter diminuído o atrito seco e a saliva ajuda a tornar o toque mais excitante, pois desliza melhor.

Começa-se pela fala, dizendo o quanto se gosta e sente prazer Buy Propecia Online Pharmacy No Prescription Needed em fazer oral nele. Se ele não estiver antes excitado, começará a ficar assim que começara ouvir. Eu usava desse artifício quando era garota de programa, pois algumas vezes meus clientes chegavam no quarto desejando fazer um programa, mas estavam sem ereção e para dar um início rápido ao seu processo de excitação eu usava dessa estratégia.

Aprecie o pênis dele com as palavras, com a boca e com os olhos. Homens são verdadeiros narcisistas no que diz respeito ao pênis e esperma. E eles gostam de ver expressões de desejo no rosto de quem os acaricia com oral. Aproveite para fazer enquanto fala frases picantes.

Massageie e acaricie os testículos dele, um de cada vez. Acredite, ele vai adorar! Deslize seus dedos em direção ao períneo e acaricie essa sensível região, sem pudores. Confie em mim, ele irá delirar! Depois de falar, segure com vontade o pênis, não de forma delicada como quem tem medo, mas com firmeza, com maestria.

Então é hora de por em prática o oral. Começa-se pela glande, com a boca bastante úmida envolvendo-a por inteiro. Nessa hora deixa-se a língua flácida e faz-se movimentos de subir e descer, ora tirando o pênis totalmente da boca, ora subindo e descendo sem parar.

Leva-se também o pênis até o fundo da garganta. Procure, no momento que o pênis está todo envolto pela boca, fazer sucção com bastante força, e procure deixar a boca mais suave (diz-se toque aveludado) quando estiver na parte da glande. No início você pode sentir um incômodo, mas com o treino não se tem mais a sensação do refluxo quando o pênis toca a epiglote.

A região de maior sensibilidade é a glande, mas nela encontramos uma micro região que é mais sensível ainda, o freio do prepúcio. Vale a pena dar uma olhada em um livro de anatomia para você saber a localização exata, ou então procurar figuras da anatomia peniana na internet.

Exatamente nessa parte é que se concentrará a atenção especial. Tem duas maneiras diferentes de se dar prazer com oral no freio do prepúcio. Uma delas é, com a língua umedecida e rígida, sem estar com a boca na glande, friccionar o freio, apenas com a ponta da língua rígida. Brinque de percorrer o curto comprimento do freio do prepúcio e brinque também na transversal do freio.

A segunda maneira é com a boca envolvendo toda a glande, também se acaricia o freio do prepúcio, só que usando a língua flácida. Apesar da parte mais erógena do pênis ser o ápice, explora-se todo o corpo peniano e passa-se a língua envolta dele, dando paradas para dar sugadas na região da virilha também. Profissionais do sexo abusam dos movimentos repetitivos, fazendo inicialmente em ritmo devagar e depois acelerando os movimentos.

Para aumentar a força do orgasmo, faz-se com que o momento dure o maior tempo possível, mudando de ritmo quando ele estiver a ponto de ejacular, dessa maneira é possível controlar a hora da finalização. Mudanças frequentes no movimento costumam retardar a ejaculação, bem como movimentos repetitivos e vigorosos aceleram o processo.

Para causar maiores arrepios no homem, balas de halls preto ou menta podem estar na boca enquanto o sexo oral é feito. Essa até é uma dica da década passada, hoje em dia já se conta com gel comestível de vários sabores que também causam a mesma sensação refrescante da bala, bem como pedrinhas de gelo. Ambos causam sensações térmicas incomuns, que excitam os homens.

Sexo oral: homens gostam de observar a parceira em atividade, além disso vai alguma dicas:

1. Dança de mãos e boca

A região mais sensível do pênis é a glande, a ponta superior do membro. “Qualquer estímulo delicado feito nessa área vai fazer o homem ter prazer”, diz a consultora Fernanda Pauliv, que ministra o curso “Intimidades”, no espaço Joanah Pink Centro Integrado da Mulher. Combinar o uso das mãos com a boca nessa região também traz um bom resultado. “Dessa forma, a mulher pode massagear todo o pênis com as mãos enquanto estimula a glande com a boca”. Mas atenção: jamais use os dentes, essa região é muito sensível.

2. Deixe que ela veja tudo

O mais importante é que ele possa ver toda a performance. “Para o homem, o fato de observar a mulher fazendo sexo oral nele é mais relevante que uma posição específica”, diz o urologista e terapeuta sexual Celso Marza. “Eles têm uma sensação de poder e dominação. É como se fosse uma conquista”, explica. E anote: investir numa lingerie sexy vai fazer toda diferença na cena.

3. Estimule diferentes sensações

Acessórios também estimulam o prazer do homem. “Um gel com aquecimento combinado com uma bebida gelada frisante ajuda muito”, indica a consultora Andreia Berté, que ministra a palestra “Como Enlouquecer um Homem na Cama”. “Passe o gel no pênis e massageie para fazer o aquecimento. Na sequência tome um gole da bebida, segure na boca e desça pelo pênis”. Segundo a especialista, essa brincadeira de alternar a sensação térmica é muito prazerosa.

4. Acerte o ritmo

A pressão e a velocidade dos movimentos também são importantes. Muito lento não estimula o suficiente, muito rápido pode gerar excesso de estimulo, o que também não é bom. “O ideal é encontrar um meio termo e manter o ritmo. Esse ponto pode ser encontrado por observação”, explica Luciana Keller, proprietária da Constantine Boutique, loja especializada em sedução. À medida que for fazendo os movimentos com a boca, preste atenção nas reações do parceiro. Elas indicarão se você está no caminho certo.

5. Desbrave novas regiões

Explorar outras regiões também pode ser bem estimulante para o homem. “Massagear os testículos com as mãos enquanto estimula o pênis com a boca ou até mesmo acariciá-los com a língua e lábios pode gerar muito prazer”, indica Luciana Keller. A virilha e o períneo também são zonas erógenas para os homens. Mas sempre observando se o parceiro fica à vontade com estímulos e carícias nessas regiões.

Loja de Sites
Scroll To Top